Rebecca Naden/Reuters
Rebecca Naden/Reuters

Philippe Coutinho será operado e fica mais de 1 mês fora

Meia-atacante sofreu uma lesão no ombro na partida contra o Swansea

AE-AP, Agência Estado

18 de setembro de 2013 | 10h09

LIVERPOOL - O Liverpool anunciou nesta quarta-feira que o meia brasileiro Philippe Coutinho precisará ser submetido a uma cirurgia no ombro direito, depois de ter se machucado no empate por 2 a 2 com o Swansea, na última segunda, pelo Campeonato Inglês. O clube também revelou que o jogador só poderá voltar a jogar no fim de outubro.

Ou seja, Coutinho ficará mais de um mês afastado do time. O jogador de 21 anos sofreu a lesão em um choque com o zagueiro Ashley Williams e, inicialmente, o Liverpool acreditava que o atleta poderá se recuperar por meio do tratamento convencional. Porém, após a realização de exames, o clube concluiu que o procedimento cirúrgico será necessário para "estabilizar a articulação acrômio-clavicular do ombro" do meio-campista.

A lesão amargada pelo ex-meia de Vasco, Inter de Milão e Espanyol ocorre justamente no momento em que o brasileiro realizava um bom início de temporada europeia pelo Liverpool, que hoje ocupa a liderança isolada do Campeonato Inglês, com dez pontos em quatro jogos.

Como consolo para o problema envolvendo Coutinho, o Liverpool contará com o retorno do atacante uruguaio Luis Suárez, que volta depois de cumprir dez jogos de suspensão por morder um adversário. Ele está livre para atuar na partida deste sábado, contra o Southampton, em casa, pela quinta rodada do Campeonato Inglês.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.