Lee Smith/Reuters
Lee Smith/Reuters

Phillippe Coutinho evolui, mas volta a desfalcar o Liverpool contra o City

Brasileiro perderá pelo menos os dois próximos jogos do time inglês

Estadão Conteúdo

29 de dezembro de 2016 | 15h29

Ainda não será no aguardado confronto com o Manchester City, no próximo sábado, que o Liverpool voltará a contar com Philippe Coutinho. Nesta quinta-feira, o técnico Jürgen Klopp confirmou que o meia-atacante segue indisponível, embora tenha acelerado o processo de recuperação de lesão.

Philippe Coutinho desfalca o Liverpool desde 26 de novembro, quando sofreu uma lesão no tornozelo durante partida contra o Sunderland, em Anfield Road. Klopp explicou que o brasileiro vem se recuperando bem da lesão, mas está descartado para a confronto com o Manchester City.

"Ele está evoluindo bem, falei com ele há alguns minutos. Mas o jogo do City, com certeza, é muito cedo e se o jogo do City é muito cedo, também tenho certeza de que o jogo com o Sunderland é muito cedo também. É isso", afirmou, adiantando que também não conta com Philippe Coutinho para o primeiro compromisso de 2017, no dia 2, diante do Sunderland, fora de casa.

Outro jogador que vai seguir de fora do Liverpool será o zagueiro camaronês Joel Matip, ainda em recuperação de uma lesão no tornozelo sofrida em 11 de dezembro, no duelo com o West Ham.

Quem voltará a jogar nesse fim de semana, será o atacante argentino Sergio Agüero, liberado após cumprir gancho. E o jogador é uma das preocupações de Klopp para o duelo com o Manchester City,.

"Bom atacante, nunca fiz segredo sobre isso. Não torna a vida mais fácil para nós, mas já sabíamos disso antes. Ele só pode marcar gols se alguém lhe der a bola. Temos que evitar passes fáceis", disse.

Com uma impressionante sequência de 12 vitórias, o Chelsea lidera o Campeonato Inglês com 46 pontos, mas é perseguido pelo Liverpool e pelo Manchester City, que somam 40 e 39 pontos, respectivamente. Por isso, o confronto de sábado no Anfield Road tem caráter decisivo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.