Robson Fernandjes/Estadão
Robson Fernandjes/Estadão

Piá, ex-Corinthians, é preso com objetos de roubo a caixas eletrônicos

No carro do ex-jogador foram encontrados ganchos de metal usados para roubar envelopes de depósito nas máquinas

Sarah Brito, O Estado de S. Paulo

23 de janeiro de 2014 | 11h35

CAMPINAS - Um ex-jogador de futebol do Corinthians foi preso em flagrante na madrugada de hoje, em Campinas, por suspeita de envolvimento em assaltos a caixas eletrônicos. O ex-meia Piá, ex da Ponte Preta, Santos e Corinthians, estava em seu carro falando ao celular, por volta de 22h, estacionado em frente a uma agência bancária, no Jardim Santana, quando foi abordado por policiais, por “atitude suspeita”.

Piá se apresentou como jogador de futebol e afirmou que havia feito um saque e estava a espera de sua esposa, Pablin Jéssica Gomes, de 25 anos, e uma amiga, que também foram sacar dinheiro. Os policiais pediram o comprovante do saque ao ex-atleta, documento que ele não possuía. Ao revistar o carro, foram encontrados ganchos de metal usados para roubar envelopes de depósito nas máquinas, conhecidos para “pescar” os documentos, além de lâminas de alumínio, chave de fenda, alicate e fitas adesivas.

Quando as mulher de Piá chegou e avistou a PM, tentou se livrar da bolsa jogando-a em um jardim próximo a agência bancária, onde os PMs encontraram ainda mais dispositivos. Após o ocorrido, o ex-atleta e a esposa confessaram o crime e afirmaram à polícia que haviam colocado os dispositivos em dois caixas eletrônicos.

Piá, a esposa, e a outra mulher, foram encaminhados ao 1º Distrito Policial da cidade para prestar depoimentos. A terceira pessoa foi ouvida e liberada, afirmando não ter envolvimento com o crime. O jogador e a esposa responderão por tentativa de furto qualificado.

Ele está preso na cadeia anexa ao  2º DP, no bairro São Bernardo, enquanto ela foi levada para a cadeia feminina em Paulínia. Essa não é a primeira passagem pela polícia do ex-jogador. Ele já foi indiciado como coautor do assassinato de um mecânico, em uma lanchonete de Limeira. Nesse caso, foi absolvido.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPiáCorinthiansSantos FC

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.