Picerni aprova São Caetano no ataque

Apesar de não ter conseguido a reabilitação no Campeonato Brasileiro, o técnico Jair Picerni ficou satisfeito com o empenho do São Caetano no empate, de 1 a 1, com o Internacional, terça-feira, no Estádio Anacleto Campanella, no ABC. O time agora tentará surpreender a Ponte Preta, domingo, em Campinas, pela 32.ª rodada. "Não fomos bem no primeiro tempo, mas no intervalo acertamos o posicionamento e melhoramos bem", garante Picerni, aprovando a escalação de três atacantes. Edilson, Somália e Dimba começaram o jogo, mas quem marcou o único gol do time da casa foi Márcio Mixirica que entrou no segundo tempo na vaga de Dimba, que atravessa uma má fase e não marca gol há dois meses. Os jogadores voltam aos treinos nesta quinta-feira.

Agencia Estado,

12 de outubro de 2005 | 19h35

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.