Picerni diz que São Caetano se achou

Sem perder há três jogos e acreditando ter encontrado um rumo para o time no Campeonato Brasileiro, o técnico Jair Picerni, do São Caetano, espera surpreender o Paraná, nesta quinta-feira, às 20h30, no estádio Pinheirão, em Curitiba, pela 34.ª rodada do Campeonato Brasileiro. O time paulista soma 40 pontos, ainda não se afastou de vez da zona de rebaixamento, mas tem a esperança de ser relacionado para a Copa Sul-Americana, que está mais próxima do Paraná, com 51 pontos. Mesmo jogando fora de casa, Picerni está animado com a evolução do time. ?Já estamos mais equilibrados, com força na marcação e saindo em velocidade no contra-ataque?. O treinador irá manter o mesmo esquema 3-4-3, que, segundo ele, vem dando certo nos últimos três jogos - empates em casa contra Internacional e Fluminense e na vitória, fora, diante da Ponte Preta. ?Estamos conseguindo dar um padrão à equipe?, completa. Se o esquema será o mesmo, o time sofrerá duas mudanças forçadas. O zagueiro Thiago ainda está com dores na coxa direita e será substituído por Gustavo, que volta de suspensão. Outro desfalque é o lateral Ricardo Lopes, que foi expulso frente ao Fluminense. Em contrapartida, Alessandro volta de suspensão. Na história deste confronto há equilíbrio. O time do ABC leva pequena vantagem: em dez jogos, foram quatro vitórias, quatro empates e duas vitórias do Paraná.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.