Picerni fica irritado com seu time

O técnico Jair Picerni ficou bastante irritado com o desempenho do seu Guarani na derrota contra o Corinthians, por 2 a 0, nesta quinta-feira, no Estádio Brinco de Ouro. O treinador não gostou do futebol apresentado pelo time, principalmente no final. "Simplesmente nós não entramos em campo no segundo tempo", resumiu.Ele fez questão de reforçar sua posição: "Jogamos de igual para igual no primeiro tempo, mas no segundo tempo foi lamentável. Faltou ligação do meio-campo para o ataque e assim fica difícil fazer qualquer coisa", disse o técnico, que preferiu não creditar o resultado ao bom desempenho do Corinthians. "Eles jogaram o normal, nós é que fizemos uma partida péssima", completou.Os jogadores foram unânimes em apontar a causa da derrota. Na opinião de todos, os erros de passes levaram o time ao tropeço. "Infelizmente, insistimos demais nas bolas longas e com isso, não conseguimos criar muita coisa. É o típico erro que não se pode fazer diante de um time como o Corinthians", afirmou o goleiro Jean, autor de defesas importantes durante o jogo. "Deveríamos valorizar a posse de bola, mas não conseguimos", completou o atacante Catatau. Mesmo com a derrota, Catatau garantiu que o time continuará lutando para vencer nas três rodadas que ainda restam. "É preciso manter a concentração nestes jogos que ainda restam para que no final do Campeonato, o Guarani esteja longe da zona de rebaixamento", declarou.Um dos poucos jogadores a sair de campo satisfeito foi o zagueiro João Leonardo, que teve a missão de marcar Tevez. "Procurei jogar duro, mas sempre na bola e sem violência", disse João Leonardo, que ainda criticou o argentino. "Ele é muito chato, fala muito e quer fazer graça o tempo todo, mas tudo bem" completou João Leonardo.Com a derrota, o Guarani fica com 20 pontos e precisa de uma vitória ou dois empates nas três rodadas que ainda restam para depender para não ser rebaixado no Campeonato Paulista. Isso porque está a apenas seis pontos do União Barbarense, que está na zona de rebaixamento da classificação. A salvação do semestre está na Copa do Brasil. Na próxima quarta-feira, o Bugre enfrenta o Santa Cruz, no Brinco de Ouro, no jogo de volta. Como perdeu por 2 a 0 em Recife (PE), os bugrinos precisam vencer por três gols de diferença para conseguir a classificação no torneio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.