Picerni mantém esperança do Guarani

Desde que assumiu o Guarani, há nove rodadas, o técnico Jair Picerni enfrentou só jogos decisivos, na luta para livrar o clube do rebaixamento no Campeonato Brasileiro. Será assim de novo no sábado, quando o time de Campinas jogará contra o Paysandu, em Belém.Com 46 pontos, o Guarani está na penúltima colocação do campeonato, mas os últimos resultados deram esperança ao clube para se salvar do rebaixamento. Para tanto, é preciso vencer o Paysandu, um concorrente direto nessa luta."Sempre priorizei jogo a jogo. Acho até que se não tivéssemos tanto ansiedade, algumas vezes, teríamos somado ainda mais pontos", disse Picerni. Para o treinador, se o Guarani alcançar os 52 pontos, terá chance de se manter na primeira divisão.Desde que Picerni assumiu, foram quatro vitórias, três empates e duas derrotas. Seu aproveitamento é de 55%, o que deixaria o Guarani em 6º lugar do Brasileiro se mantivesse esses números desde o começo do campeonato.Picerni já acertou verbalmente a renovação de seu contrato para 2005, mas assegura estar preocupado apenas com o próximo jogo. "Não adianta pensar lá na frente sem ver o presente. Vamos com calma!", avisou.Com relação ao time, ele só deve promover uma mudança em relação ao que venceu o Figueirense, por 2 a 1, na última rodada. O atacante Evandro Roncatto, após cumprir suspensão, entrará na vaga de Léo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.