Picerni responde a ex-diretor palmeirense

Quer deixar o técnico do Palmeiras, Jair Picerni, irritado, cite daqui para a frente o nome do ex-diretor de Futebol do clube, Fernando Gonçalves, afastado há pouco mais de um mês. Domingo, em entrevista para a Agência, Gonçalves criticou duramente o trabalho do treinador. Hoje, Picerni, que acusou o golpe, gaguejou, conteve uma série de palavrões, mas deu seu recado: ?Ele não entende nada de futebol. Não é qualificado para criticar nada.? O ex-dirigente insinuou, entre outras coisas, que Picerni não estaria a àltura do Palmeiras por ser, segundo ele, um profissional limitado. ?Ele não treina nenhuma jogada ensaiada, cobrança de falta ou escanteio?, afirmou Gonçalves. ?Mas o que ele entende disso? Ele chegava aqui e já ia embora logo, não acompanhava nada?, rebateu Picerni, que foi mais longe: ?Acho que a primeira vez na vida que ele tocou numa bola foi aqui no campo do Palmeiras.? ?Isso que ele fez (as críticas) não merecia nem ser falado. Foi uma zorra?, disse o treinador, que usou e abusou dos adjetivos para qualificar a atitude do ex-diretor de Futebol. Vamos a alguns: ?Ele foi covarde?, ?mentiroso?, ?coisa de desequilibrado?, etc, etc. E o treinador não parou por aí: ?Além do mais, ele trabalhou aqui e não fez nada, por isso foi mandado embora.? Amanhã, o Palmeiras (que sábado vai a Marília enfrentar o time da casa) pode perder a liderança da Série B para o Botafogo-RJ, que recebe o Caxias. Completam a rodada São Raimundo x Marília e Gama x Londrina.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.