Paulo Fernandes/ Vasco
Paulo Fernandes/ Vasco

Pikachu adia foco na Libertadores e garante Vasco pronto para o Carioca

Equipe estreia contra o Bangu, dia 18, pelo Estadual, antes de pensar no duelo com o Universidad de Concepción, no Chile

Estadão Conteúdo

08 Janeiro 2018 | 15h22

Chegar à fase de grupos da Libertadores é o principal objetivo do Vasco neste início de temporada, mas antes de pensar no torneio, o foco está na estreia do Campeonato Carioca. Pelo menos foi o que disse o lateral-direito Yago Pikachu. Ele garantiu um time pronto para encarar o Bangu no próximo dia 18, antes de mirar o duelo com o Universidad de Concepción, no Chile.

+ Revelado pelo Palmeiras, zagueiro Luis Gustavo acerta com o Vasco

"Sabemos que todos querem a Libertadores, mas nosso primeiro desafio já será no dia 18 de janeiro. O Carioca é um campeonato que nos interessa. Foi um título que conquistei logo na minha chegada ao clube, de forma invicta. Quem sabe essa conquista venha novamente. Depois da estreia, vamos pensar na Libertadores, que é uma competição que queremos estar fortes. Mas, no momento, nosso foco está no primeiro jogo do ano, contra o Bangu", disse.

Pikachu iniciará seu terceiro ano com a camisa do Vasco. Contratado junto ao Paysandu como grande destaque por sua ofensividade, sofreu para se firmar na lateral, oscilou bastante e ganhou espaço no último Brasileirão como meia ou ponta. O jogador se mostrou satisfeito com seu desempenho ao longo deste período e projetou evolução para esta temporada.

"Estou indo para o terceiro ano e os objetivos estão sendo bem cumpridos. Cheguei em 2016, conseguimos o acesso e em 2017 confirmamos a vaga para a Libertadores. Se for nesse ritmo, esperamos conquistar coisas ainda maiores. Temos a Copa do Brasil, o Brasileiro e a própria Libertadores. Sabemos que são competições com o nível bastante elevado, mas a tendência é sempre melhorar e não está sendo diferente nessa pré-temporada. Estou trabalhando junto com os companheiros para que a gente consiga alcançar todos os nossos objetivos", comentou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.