Pikachu celebra 'sonho' no Vasco, mas prevê menos liberdade para atacar

O lateral Yago Pikachu foi o primeiro reforço contratado pelo Vasco para esta temporada, ainda no fim do ano passado. Mas somente nesta quarta-feira, o jogador foi oficialmente apresentado como atleta do clube carioca. E em suas primeiras palavras, o paraense de 23 anos, destaque do Paysandu em 2015, não escondeu a felicidade por chegar a um time com este tamanho.

Estadão Conteúdo

13 de janeiro de 2016 | 20h57

"Eu trago o sonho de poder representar um grande clube brasileiro. Sou grato ao Paysandu por ter aberto as portas para mim, mas agora estou com a camisa do Vasco e vou trabalhar para colocar o clube em seu lugar, que é a Série A", comentou. "A expectativa é a melhor possível, fui muito bem recebido por todos aqui. Espero corresponder ao máximo a expectativa que estão colocando em cima de mim e fazer uma grande temporada."

Pikachu ganhou espaço no cenário nacional após a ótima temporada realizada no ano passado, mas já vinha se destacando com a camisa do Paysandu desde sua chegada, em 2012. Foram 62 gols no período, marca bastante expressiva para um lateral. E no Vasco, ele pretende manter esta vocação ofensiva, mas sabe que terá menos liberdade para ir ao ataque.

"Que em 2016 eu possa fazer os gols necessários para que a gente saia com as vitórias. Minha característica é muito ofensiva, mas também vou ajudar meus companheiros ali atrás", prometeu. "Sou um lateral-direito ofensivo, mas ciente da responsabilidade de marcar lá atrás. Vou fazer de tudo para ajudar o Vasco e marcar meu nome aqui."

Tudo o que sabemos sobre:
futebolVascoYago Pikachu

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.