Ueslei Marcelino/Reuters
Ueslei Marcelino/Reuters

Pikachu crê na virada do Vasco diante da LDU na Copa Sul-Americana

Time cruzmaltino encara equatorianos na quinta-feira, no jogo de volta da segunda fase do torneio

Estadão Conteúdo

07 Agosto 2018 | 15h53

O meio-campista Yago Pikachu concedeu entrevista nesta terça-feira e falou sobre a expectativa para o duelo de volta do Vasco contra a LDU pela segunda fase da Copa Sul-Americana. Depois de perder o jogo de ida por 3 a 1, o time carioca precisa reverter o placar na quinta-feira, às 19h30, em São Januário.

Para o polivalente jogador, que iniciou a temporada como lateral-direito, o gol fora de casa deu esperanças para a equipe buscar a virada. Pikachu comparou o duelo ao confronto contra o Bahia pelas oitavas de final da Copa do Brasil, quando o Vasco acabou eliminado após perder o primeiro jogo por 3 a 0 e vencer o segundo por 2 a 0.

"Há uma semelhança muito grande com aquele jogo do Bahia, pela Copa do Brasil. É claro que a desvantagem naquela época era muito maior. O gol que fizemos no Equador pode fazer a diferença para nós, até mesmo por conta do regulamento, onde o gol fora de casa vale muito. Nossa equipe mostrou naquele dia que é muito forte jogando em São Januário. Jogando ao lado do nosso torcedor, temos condições de reverter qualquer resultado. Confiamos na conquista dessa vaga para a sequência da Sul-Americana", afirmou o camisa 22.

Pikachu também acha que o Vasco vive um bom momento na temporada. O time perdeu para o líder São Paulo por 2 a 1 no Morumbi, no último domingo pelo Campeonato Brasileiro, mas jogou de igual para igual com o líder da competição. "Temos procurado consertar alguns detalhes. Não é de hoje que a nossa equipe oscila dentro da partida. Estamos em busca do equilíbrio e demonstramos uma evolução nesse último jogo", disse.

"Apesar de ter sofrido um gol no início do jogo, o time não se desequilibrou e foi muito superior ao São Paulo. Temos nos fortalecido todos os dias e buscaremos reverter essa situação", emendou Pikachu.

Para o duelo contra a LDU, Pikachu acredita que é importante buscar o gol desde o início. "Temos que pressionar nos primeiros minutos, mas sem se expor tanto, é claro, pois não podemos sofrer gols em casa. É jogar com inteligência, ir passo a passo, procurando sempre fazer um gol de cada vez. O gol tem que sair nessa próxima partida, pois ela é muito importante para a nossa equipe, para termos um calendário maior, que não se resuma apenas ao Brasileiro", concluiu.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.