Silvia Izquierdo/AP
Silvia Izquierdo/AP

Pikachu sai em defesa de Marcelo Mattos após desabafo contra médicos do Vasco

"Ele Ficou durante muito tempo calado, na dele. Não sabemos o que se passa na cabeça dele, mas estamos juntos com ele"

Estadão Conteúdo

12 Abril 2018 | 15h26

O atacante Yago Pikachu, do Vasco, saiu em defesa do volante Marcelo Mattos em entrevista coletiva nesta quinta-feira. Mattos desabafou na quarta-feira ao receber a notícia de que teria que passar pela quarta cirurgia consecutiva.

+ Confira a tabela do Campeonato Brasileiro

"Ele acabou se expressando porque segurou muito. Ficou durante muito tempo calado, na dele. Não sabemos o que se passa na cabeça dele, mas estamos juntos com ele", afirmou o atacante cruzmaltino.

O volante está fora dos gramados desde 2016 por conta de uma ruptura no ligamento cruzado anterior do joelho direito. No desabafo, Mattos pediu desculpas ao torcedor pelo tempo de lesão e também atacou o departamento médico do clube.

"Cansei, cansei de carregar sozinho isso tudo, agora vou dividir", postou. Na sequência, ele falou sobre o prazo equivocado de recuperação sugerido pelo departamento médico após a primeira cirurgia feita ainda em 2016.

"Seis meses? Por que voltei a treinar em três meses e 15 dias? Será que isso me prejudicou? Será que a recuperação acelerada não deu certo? É justo eu receber tantas críticas? É justo eu ser chamado de mercenário? Desculpe, mas cheguei no limite e a luta continua."

Pikachu deu razão ao companheiro de clube. "Cada um tem sua recuperação. Mas, realmente, se ele falou que o prazo era seis meses e voltou em três, alguma coisa está errada. Não quero culpar ninguém", afirmou.

O atacante ainda pediu que o torcedor do Vasco deixe de criticar Mattos. "Para quem não está no meio do futebol, pode duvidar da capacidade dele. Mas ele não está passando por isso porque quer. Ele queria estar no campo. O torcedor quer todos à disposição, mas, infelizmente, ele não pode".

"A gente lamenta muito porque é muito tempo sem fazer o que ama. É só tratamento, fisioterapia. Não temos tanto contato, mas quando encontramos damos apoio. É um cara do bem, tranquilo, que trabalha muito.", finalizou Pikachu.

TREINO

O Vasco se prepara para a estreia no Campeonato Brasileiro. No domingo, às 16 horas, receberá o Atlético Mineiro, em São Januário. No trabalho desta quinta-feira, o técnico Zé Ricardo promoveu a primeira atividade tática.

Por estar vinculado ao Atlético, o zagueiro Erazo não poderá atuar na partida. A tendência é que Werley, revelado pelo clube mineiro, entre em seu lugar. Outra novidade será o retorno do volante Wellington, que cumpriu suspensão na decisão do Campeonato Carioca contra o Botafogo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.