Ángel Díaz/EFE
Ángel Díaz/EFE

Piloto Fernando Alonso é nomeado sócio de honra do Real Madrid

Espanhol ganhou uma camisa personalizada das mãos do presidente Florentino Pérez

Estadão Conteúdo

04 de setembro de 2017 | 12h15

Em evento realizado nesta segunda-feira no estádio Santiago Bernabéu, Fernando Alonso foi oficialmente nomeado como sócio de honra do Real Madrid. O presidente do clube, Florentino Pérez, entregou ao piloto espanhol da McLaren um carnê concedido apenas aos membros que já fazem parte deste seleto grupo e ganhou uma camisa com o seu nome e o número 1 nas costas.

Torcedor do Real, Alonso disputou no último domingo o GP da Itália de Fórmula 1, em Monza, onde não conseguiu completar a prova. Nesta segunda, porém, teve a sua condição de bicampeão mundial da máxima categoria do automobilismo exaltada pelo mandatário do Real.

"Este importante ato quer ser uma mostra de agradecimento a um dos nossos torcedores e sócios. É o reconhecimento de nosso clube a um dos maiores esportistas espanhóis de todos os tempos. Falamos de um pioneiro e um gênio, que conquistou para o nosso país o que nunca ninguém havia conseguido: ser campeão do mundo de Fórmula 1", afirmou Florentino Pérez no discurso que fez ao nomear Alonso como sócio de honra.

Em baixa na F-1 principalmente por causa das limitações impostas pelo carro da McLaren, que vem amargando temporadas ruins em sequência na categoria, Alonso comemorou a honraria que recebeu e ressaltou nesta segunda-feira que "nasceu para ser torcedor deste grande clube".

"Muito obrigado ao presidente e ao Real Madrid. É um dia tremendamente especial por estar aqui neste estádio, que amo à distância com todas as viagens que faço. Não perco nada o que acontece no Real Madrid e não perco as grandes alegrias que nos proporcionou. Isso começou desde que eu era pequeno. Meu pai era um grande torcedor do Real Madrid e inseriu em mim os valores do clube", afirmou o piloto.

Florentino Pérez, por sua vez, ressaltou também que Alonso "é um extraordinário embaixador" do clube ao redor do mundo e, por isso, "a assembleia geral de sócios concordou por unanimidade conceder-lhe o máximo reconhecimento de sócio de honra do Real Madrid".

"Duas vezes campeão do mundo de Fórmula 1 e três vezes vice-campeão. Estreaste com apenas 19 anos e desde então tem aumentado seus troféus com 32 Grandes Prêmios vencidos e um impressionante retrospecto. Sua figura transcende além dos circuitos. Você leva a marca Espanha para todos os continentes e também a paixão pelo teu querido Real Madrid. Sabemos o que significa esta camisa e este escudo para ti", afirmou o dirigente diretamente ao piloto no evento desta segunda.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.