Vitor Silva/Botafogo
Vitor Silva/Botafogo

Pimpão fica fora de treino e vai desfalcar o Botafogo contra o Palmeiras

Atacante sente problema no tornozelo esquerdo e sequer viaja para jogo em Brasília, pelo Campeonato Brasileiro

Redação, Estadão Conteúdo

24 de maio de 2019 | 12h54

O Botafogo tem mais uma baixa para enfrentar o Palmeiras, neste sábado, no Mané Garrincha, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro. Com entorse no tornozelo esquerdo, o atacante Rodrigo Pimpão não participou do treinamento desta sexta-feira e nem viajará para Brasília.

Pimpão é o segundo desfalque do setor ofensivo do Botafogo, já que Erik, emprestado pelo Palmeiras, não poderá ser aproveitado pelo técnico Eduardo Barroca por causa de acordo entre as diretorias dos clubes. Além disso, o argentino Joel Carli está suspenso. Companheiro de zaga do argentino, Gabriel reconheceu que as ausências atrapalham a equipe.

"Fazem muita falta. São três jogadores de qualidade, mas o Botafogo tem um elenco qualificado. Quem vai entrar batalha muita por essa oportunidade. E ela apareceu em boa hora, contra o líder e com estádio cheio. Quem entrar vai dar o seu melhor", afirmou Gabriel, que deverá atuar ao lado de Marcelo na zaga do Botafogo.

Na parte do treino que foi aberta à imprensa, Barroca não indicou a escalação do Botafogo. Mas a tendência é que o Botafogo entre em campo com a seguinte formação: Gatito, Fernando (Marcinho), Gabriel, Marcelo e Gilson; Cícero, Alex Santana e João Paulo; Leo Valencia, Diego Souza e Luiz Fernando.

Como optou por mandar o jogo com o Palmeiras no Mané Garrincha, o Botafogo fará a terceira partida consecutiva fora do Rio, tendo enfrentado o Goiás, no domingo passado, no Serra Dourada e o Sol de America, na última quarta-feira, no Paraguai. Gabriel admitiu que a sequência de viagens provoca um cansaço extra no elenco do Botafogo.

"É um pouco desgastante. Agora é na superação, na vontade. Somos profissionais e estamos a disposição. Claro que seria melhor jogar no Nilton Santos, mas entendemos o lado financeiro. Seja onde for, vamos com todo respeito e alegria no coração em busca de um grande jogo", disse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.