Pintado já analisa com dirigentes os reforços do Guarani para temporada de 2016

Com o processo de dispensas e renovações bem encaminhado, o Guarani já começa a pensar em reforços para a próxima temporada. No momento, o foco é a Série A2 do Campeonato Paulista, primeira competição que o time disputa em 2016. Por isso, nesta quinta-feira, o técnico Pintado se reuniu com o gerente de futebol Waldir Lins para discutir possíveis nomes para integrar o elenco.

Estadão Conteúdo

15 de outubro de 2015 | 21h05

O comandante afirmou que a prioridade no momento são "alguns nomes pontuais", que inclusive já estão bem encaminhados. Para ele, um acerto com um nome forte facilita a negociação com outros jogadores. "A partir do momento em que conseguirmos anunciar um nome de peso, fica mais fácil trazer outros atletas", argumentou.

Ainda não foi divulgado nenhum jogador em que o clube estaria interessado, mas Pintado já deu pistas de onde deve buscar reforços. Nas últimas semanas, ele acompanhou partidas das Séries B, C e D do Campeonato Brasileiro. A tendência é que a base do clube também seja bastante utilizada. Sete jovens devem ser aproveitados.

Para a disputa da Série A2, o time precisa se planejar para não ultrapassar o limite de inscrição de jogadores imposto pela Federação Paulista de Futebol (FPF), em princípio de 28 jogadores. Além disso, as possibilidades do Guarani subir para a primeira divisão do Estadual diminuíram. O novo regulamento do campeonato deve garantir o acesso para duas equipes, enquanto que no passado os clubes disputavam quatro vagas.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolGuaraniPintado

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.