Gustau Nacarino/Reuters
Gustau Nacarino/Reuters

Piqué admite discussão e diz que treinador 'manda mais' que Messi

Zagueiro não esconde briga entre Luis Enrique e o astro argentino no vestiário do Barcelona, mas garante que relação é boa e cordial 

Estadão Conteúdo

13 de fevereiro de 2015 | 12h29

Não é de hoje que a imprensa espanhola especula sobre um possível entrevero de Luis Enrique com Messi. Os rumores da relação ruim entre eles ganharam força quando o Barcelona atravessou uma má fase, mas diminuíram com a recente recuperação da equipe. Ainda assim, o zagueiro Piqué foi perguntado sobre isso e não escondeu que, de fato, os dois tiveram um problema nos vestiários.

"Não há um vestiário em que não haja discussões. Luis Enrique e Messi discutiram, mas é um tema passado e não tem porque voltar nele. A relação com Luis Enrique sempre foi boa e cordial", declarou o zagueiro em entrevista à Rádio Cope.

Apesar da discussão entre eles, Piqué garantiu que Luis Enrique mantém a autoridade perante o elenco. "Luis Enrique manda mais que o Messi, obviamente. Ele é o treinador, o chefe, apesar de o Messi ter muito peso no vestiário." Seja como for, qualquer problema que o Barcelona estivesse enfrentando internamente não tem atrapalhado neste momento. A equipe vem de dez vitórias consecutivas, retrospecto que a colocou nas semifinais da Copa do Rei e na segunda colocação do Campeonato Espanhol, apenas um ponto atrás do líder Real Madrid.

"Estamos no nosso melhor momento na temporada. Tivemos uma grande baixa, mas a partir de agora, cada partida é uma final e chegamos no melhor momento de nossa forma", garantiu Piqué.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.