Albert Gea/Reuters - 11/12/2013
Albert Gea/Reuters - 11/12/2013

Piqué diz que pretende se tornar presidente do Barcelona

Zagueiro de 26 anos é formado nas categorias de base do clube catalão

O Estado de S. Paulo

15 de janeiro de 2014 | 17h08

SÃO PAULO - O zagueiro do Barcelona, Gerard Piqué, afirmou nesta quarta-feira que pretende continuar no clube catalão após o encerramento da carreira. O jogador de 26 anos disse, contudo, que não se tornará treinador da equipe. A ideia do camisa 3 é ser dirigente depois da aposentadoria.

"Quem sabe serei o presidente do Barcelona algum dia", disse Piqué ao Bleacher Report, dos Estados Unidos. O zagueiro, formado nas divisões de base do clube, ressaltou também tudo o que foi ensinado a ele e aos companheiros de time.

Segundo ele, foi preciso seguir um "código moral" para ter futuro no clube, com respeito, humildade e trabalho em equipe. Piqué é da geração de 1987, a mesma de Fabregas e Messi. Juntos, os três jogadores atuaram nas categorias de base. "Conheci Messi com 12 anos e nada mudou entre nós", ressalta.

Piqué já vestiu a camisa do Barcelona em 251 jogos, com 18 gols marcados. Aos 17 anos, deixou o clube rumo ao Manchester United. Voltou à Espanha dois anos depois, por empréstimo, para defender o Zaragoza. Em 2008, o zagueiro retornou ao Barcelona após ser comprado pelo clube.

Com a camisa 3 do Barcelona, Piqué conquistou quatro Campeonatos Espanhol (2009, 2010, 2011 e 2013), duas Ligas dos Campeões (2009 e 2011), duas Copas da Espanha (2009 e 2011) e dois Mundiais (2009 e 2011). Pela seleção da Espanha, o zagueiro venceu a Copa do Mundo 2010 e a Eurocopa 2012.

Tudo o que sabemos sobre:
futinterBarcelona, Pique

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.