Manu Fernandez/AP
Manu Fernandez/AP

Piqué desfalca Barça nas quatro primeiras rodadas do Espanhol

Zagueiro insultou árbitro assistente na Supercopa da Espanha

Estadão Conteúdo

19 Agosto 2015 | 10h02

A expulsão no jogo de volta da Supercopa da Espanha, que acabou sendo conquistada pelo Athletic Bilbao, acabou custando caro ao zagueiro Gerard Piqué. Nesta quarta-feira, a Real Federação Espanhola de Futebol anunciou a suspensão do jogador do Barcelona por quatro partidas após ele insultar um dos árbitros assistentes do duelo da última segunda-feira no Camp Nou, que terminou empatado em 1 a 1.

Um juiz do Comitê de Competições da federação ordenou a punição, rejeitando os argumentos de defesa do Barcelona, embora a pena imposta tenha ficado distante da punição máxima prevista para esse tipo de casos, de 12 partidas.

De qualquer modo, Piqué vai desfalcar o Barcelona nas quatro primeiras rodadas do Campeonato Espanhol, em que o clube vai estrear exatamente diante do seu algoz na Supercopa da Espanha, o Athletic Bilbao. Os outros duelos em que Piqué ficará de fora do time catalão serão diante de Málaga, Atlético de Madrid e Levante.

O relatório do jogo do árbitro Velasco Carballo afirma que Piqué utilizou insultos e abuso verbal ao falar, aos gritos, com um dos seus assistentes. "Cinquenta e cinco minutos, o número 3 do Barcelona, Gerard Piqué Bernabéu foi expulso pela seguinte razão: ter gritado ''Eu c... na p... da sua mãe'' para o assistente", escreveu o juiz.

Antes mesmo do julgamento, Piqué pediu desculpas e insistiu que não tinha a intenção de insultar o bandeirinha. O zagueiro se justificou dizendo que se tratava de um jogo com muita pressão, "em que estávamos jogando por um título". Ele, porém, não teve êxito na sua argumentação e agora vai desfalcar o Barcelona nas quatro primeiras rodadas do Campeonato Espanhol.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.