Pirelli pode dar Vampeta ao Palmeiras

O Palmeiras pode receber um grande e inesperado presente de seu patrocinador, a Pirelli, logo na primeira semana de contrato. O volante Vampeta, que está no Paris Saint-Germain, quer retornar ao Brasil e pode ser "colocado" no Palestra Itália. O passe do atleta pertence à Inter de Milão, que também é patrocinada pela Pirelli. Como ele não pretende permanecer na Europa, a solução encontrada pelos italianos seria cedê-lo ao Palmeiras por pelo menos um semestre.Vampeta confirmou que não tem mais interesse em jogar pelo PSG nem de voltar para a Inter, com quem tem contrato de três anos. Admitiu que seria uma ótima idéia atuar pelo Corinthians, mas não descartou a hipótese de jogar no Palmeiras. Justamente por causa do patrocinador, o Alviverde está na frente pela disputa do atleta.A negociação marcaria a "estréia" do intercâmbio entre Palmeiras e Inter. A prioridade da Pirelli, no entanto, é fazer uma troca de juniores e juvenis entre os clubes e não de "medalhões". O maior empecilho para a contratação de Vampeta é o salário. O Palmeiras não abre mão da política do bom e do barato. E, por isso, não lhe pagará muito.Um dirigente ligado ao presidente Mustafá Contursi afirmou que o clube está negociando com o volante Mazinho, que pode ser o primeiro reforço para o segundo semestre. Na semana passada, o jogador esteve na Academia de Futebol para iniciar as discussões. O técnico Celso Roth disse que gostaria da contratação de mais um volante.O diretor de futebol do Palmeiras, Américo Faria, garantiu que o clube já encaminhou uma proposta aos procuradores de Felipe, Reinaldo Pitta e Alexandre Martins, para mantê-lo por mais um semestre no Palestra Itália. Ambos têm metade do passe do atleta. A outra parte é do Vasco. Alex não vai ficar mesmo no Palestra Itália. Ele está retornando para o Parma, da Itália. O lateral Daniel deve voltar para a Ponte Preta.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.