Ivan Storti/Santos FC
Ivan Storti/Santos FC

Pituca celebra recuperação com goleada de 7 a 1: 'Mostra a força do Santos'

Alvinegro atropela o Altos-PI após perder por 5 a 1 para o Ituano, pelo Paulistão

Redação, Estadão Conteúdo

06 Fevereiro 2019 | 22h02

Questionado após a derrota por 5 a 1 para o Ituano, domingo, pelo Campeonato Paulista, o Santos deu uma resposta ao seu torcedor nesta quarta-feira. Ainda que sendo vazado nos minutos iniciais, massacrou o Altos, do Piauí, por 7 a 1, em Teresina, e se classificou à segunda fase da Copa do Brasil. Para o volante Diego Pituca, o placar e a atuação mostram a força do time.

"Nunca tinha participado de um placar assim. Mostra a força do Santos. A gente sabia que seria difícil, mas conseguimos sair com a vitória", afirmou Pituca, em entrevista ao SporTV, satisfeito com a recuperação da equipe, que tinha vencido quatro jogos seguidos antes de ser goleado pelo Ituano, e revelando que nunca havia estado dentro de campo em um duelo com um placar tão dilatado.

Titular com o técnico Jorge Sampaoli neste início de temporada, Pituca foi um dos destaques da partida no Albertão. O volante teve participação em várias jogadas de ataque, deu passe para o gol de Alison, o terceiro do time, e ainda marcou o seu nos minutos finais. E dividiu os méritos pelo seu bom desempenho com o treinador.

"O Sampaoli pediu para eu ficar mais na esquerda, no primeiro tempo, me movimentar bastante, para a gente ficar com a bola. A equipe fez um grande jogo. Agora é descansar e pensar no sábado", disse.

Classificado à segunda fase da Copa do Brasil, o Santos agora volta as suas atenções para o Paulistão. No sábado, o time vai receber o Mirassol, no Pacaembu, pela sexta rodada.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.