Juan Mabromata/AFP
Juan Mabromata/AFP

Pituca comemora empate na Argentina: 'Agora é buscar a vaga em casa'

Santos tem de vencer em casa para avançar às quartas de final sem precisar dos pênaltis

Estadão Conteúdo

22 Agosto 2018 | 00h06

O volante Diego Pituca gostou do empate sem gols do Santos com o Independiente nesta terça-feira, em Avellaneda, no jogo de ida pelas oitavas de final da Libertadores. O jogador agora espera que o time alvinegro faça um melhor jogo no duelo de volta para garantir a classificação à próxima fase.

"Sabíamos que ia ser difícil. Queríamos ganhar, mas levamos o empate para o Brasil. Agora é buscar a classificação em casa", afirmou o jogador à Fox Sports na saída do gramado. Pituca e o setor defensivo, de uma maneira geral, foram os destaques do Santos na partida.

Enquanto que a zaga segurou as investidas do Independiente e garantiu o resultado, o ataque foi apático e não chutou a gol durante o jogo. Questionado sobre a falta de criatividade do setor ofensivo, o volante minimizou o problema. "O Santos não conseguiu impor o seu jogo. O empate é um resultado a ser comemorado", resumiu.

Para avançar às quartas de final, o Santos precisa de uma vitória simples na próxima terça-feira, no estádio do Pacaembu. O empate com gols garante o time argentino na próxima fase. Quem passar enfrentará o vencedor do duelo entre Racing e River Plate.

Antes da partida de volta das oitavas de final, o Santos terá um importante duelo pelo Campeonato Brasileiro. No sábado, às 16h, receberá o Bahia, na Vila Belmiro, pela 20ª rodada da competição, a primeira do returno.

As equipes estão coladas na classificação e próximas da zona de rebaixamento. O Santos é o 13º colocado, com 21 pontos, enquanto que o Bahia é o 11º na tabela com 22. O Vitória, que abre a zona de rebaixamento, tem 19.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.