Pizarro marca no fim, Werder Bremen vence e é vice-líder

O Werder Bremen sofreu para vencer o Hertha Berlim, neste domingo, no fechamento da sétima rodada do Campeonato Alemão. Jogando em casa e com dois jogadores a mais em campo na maior parte do segundo tempo, o time do brasileiro Naldo só chegou ao gol da vitória por 2 a 1 aos 47 minutos do segundo tempo, praticamente no último lance do jogo.

AE, Agência Estado

25 de setembro de 2011 | 14h42

O gol premiou toda a pressão imposta pelo Werder desde que ficou em vantagem numérica - Lell foi expulso aos 11 minutos do segundo tempo e Ramos aos 18. A equipe da casa chegou a marcar antes, aos 35, mas o gol foi anulado porque Pizarro fez falta ao subir para o cabeceio. O gol validado, porém, também foi ilegal, uma vez que o peruano recebeu a bola em posição de impedimento.

O placar foi aberto pelos visitantes logo aos 3 minutos de jogo, quando Ramos recebeu na área, dominou sem receber a marcação da defesa a bateu na saída do goleiro. O empate veio aos 22, com Pizarro, numa falha incrível de Kraft. Ao tentar defender o cabeceio do chileno, o goleiro entrou no gol. Mesmo assim, não conseguiu segurar a bola, que estava na sua mão, e levou um ''frango''.

O resultado recoloca o Werder Bremen na segunda posição do Campeonato Alemão, com 16 pontos, a dois do líder Bayern de Munique, e à frente do Borussia Mönchengladbach pelo saldo de gols. O Hertha, com nove pontos, está em 13.º.

Mais cedo, com um gol de Podolski e outro de Jajalo, o Colônia venceu em casa o Hoffenheim, resultado que afastou os visitantes da briga pela ponta, uma vez que a equipe parou nos 12 pontos, em quarto. O Colônia tem 10 pontos e termina a rodada em 10.º.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.