Antonio Calani / AP
Antonio Calani / AP

Pizzi quer que a Arábia Saudita jogue com a posse de bola para vencer a Rússia

Treinador garante estar focado unicamente na primeira partida da Copa do Mundo

Estadão Conteúdo

13 Junho 2018 | 13h18

O treinador Juan Antonio Pizzi acredita que a Arábia Saudita pode vencer a Rússia na abertura da Copa do Mundo, apesar da desvantagem de jogar como visitante diante dos anfitriões. Para conseguir o bom resultado, a expectativa do técnico argentino é a de manter a posse de bola durante a partida, que vai ser disputada no estádio Luzhniki, em Moscou, ao meio-dia (horário de Brasília) desta quinta-feira.

+ Casillas vai carregar taça na cerimônia de abertura da Copa do Mundo

+ Tite dá pistas da seleção que enfrentará a Suíça na estreia da Copa do Mundo

"O meu estilo de competir é aproveitar cada momento com a bola, cada situação, e tratar de me impor mediante a tomar a iniciativa, que se consegue por meio da posse de bola. Nosso objetivo atual é vencer a Rússia", garantiu o treinador em coletiva de imprensa nesta quarta-feira.

De acordo com o Pizzi, o único foco no momento é a partida de estreia. "Cada rival tem características diferentes. Vamos tomar a iniciativa contra a Rússia, tratando de encontrar seus defeitos e barrar suas virtudes", afirmou o técnico argentino, que defendeu a seleção da Espanha no Mundial de 1998 por ter dupla nacionalidade.

 

Capitão da seleção saudita, Osama Hawsawi afirma que o objetivo da equipe é passar de fase, o que não acontece desde a edição de 1994, quando a Arábia Saudita venceu pela última vez em Copas. "Não creio que seja impossível. Acho que devemos fazer tudo que pudermos para nos classificarmos", disse o defensor de 34 anos.

Fora do Mundial desde 2006, a Arábia Saudita terá outros dois compromissos no Grupo A depois do duelo com a seleção anfitriã. Os sauditas também enfrentarão o Uruguai, no dia 20, em Rostov, e o Egito, no dia 25, Volgogrado.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.