EFE/ZURAB KURTSIKIDZE
EFE/ZURAB KURTSIKIDZE

Pizzi vê justiça em vitória da Arábia Saudita e diz que pretende ficar na seleção

Sauditas se despediram do Mundial com vitória sobre o Egito, por 2 a 1

Estadão Conteúdo

25 Junho 2018 | 17h22

Na visão do técnico Juan Antonio Pizzi, a vitória de virada da seleção da Arábia Saudita sobre o Egito por 2 a 1, nesta segunda-feira, em Volgogrado, foi justa. O argentino disse em entrevista coletiva após a partida que seus comandados dominaram o jogo e se despedem da Copa do Mundo da Rússia com "uma sensação boa".

+ Cúper não acredita em aposentadoria de Salah da seleção do Egito: 'São rumores'

+ Atacante festeja 'vitória honrosa' após fazer gol histórico para a Arábia Saudita

"Merecemos a vitória, tivemos posse de bola e o domínio do jogo. Fizemos um bom primeiro tempo, mas precisávamos de mais velocidade. Falei sobre isso com os jogadores no intervalo e assim voltamos para o segundo tempo", afirmou. "Estamos deixando o Mundial com uma sensação boa", completou Juan Antonio Pizzi.

O treinador voltou a lamentar a goleada por 5 a 0 sofrida para a Rússia no jogo inaugural do Mundial que complicou muito os sauditas no torneio, do qual eles se despedem na terceira posição do Grupo A, com três pontos. Uruguai, em primeiro, e os anfitriões russos, em segundo, foram os classificados às oitavas de final.

"Só lamentamos pelo nosso jogo de estreia, quando tivemos uma atuação atípica e fomos goleados pela Rússia. Isso será algo difícil de ser esquecido", comentou o treinador, que reconheceu que seria praticamente impossível avançar de fase. "A gente não pode iludir o povo. É muito difícil passar de fase num Mundial. Há sempre uma ilusão de competir aqui e ir longe", reconheceu.

 

O triunfo na despedida da equipe da competição pode ter mudado o futuro de Juan Antonio Pizzi no comando do time do Oriente Médio. O técnico havia dito dias antes da partida que a sua permanência não estava garantida, mas, nesta segunda-feira, admitiu que pretende continuar no cargo. "Vamos conversar com a Federação nos próximos dias. Estou muito contente com os jogadores e com as respostas que tenho tido da Federação. Minha ideia é ficar", afirmou.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.