Placar é tranquilamente reversível, diz Vitória

Técnico Ricardo Silva afirma que irá corrigir os erros da equipe e diz que espera pelo apoio da torcida baiana no Barradão

AE, Agência Estado

29 de julho de 2010 | 00h52

Para conquistar o título da Copa do Brasil, o Vitória precisará vencer o Santos por três gols de diferença na próxima terça-feira - ou então devolver o placar de 2 a 0 da Vila Belmiro e levar a decisão para os pênaltis. Para isso, a equipe confia no seu retrospecto no Barradão, onde venceu todos os jogos e não sofreu nenhum gol sequer no torneio.  

 

Veja também:

link Santos sai na frente na final da Copa do Brasil: 2 a 0 no Vitória

som Ouça os gols na Eldorado/ESPN: Santos 1x0 | 2x0

tabela COPA DO BRASIL - Resulados

blog BATE PRONTO - Garotos, são só garotos...

"O placar de 2 a 0 é tranquilamente reversível no Barradão. Temos que ver o que erramos e corrigir os erros, até individuais. Não podemos apresentar uma performance como apresentamos hoje. Somos muito melhores do que o mostramos. Já conversamos sobre isso no vestiário e vamos melhorar", prometeu o técnico Ricardo Silva.

O comandante admitiu que sua equipe só assistiu ao rival jogar nesta quarta. Tanto que o goleiro santista Rafael não fez nenhuma defesa importante ao longo dos 90 minutos.

"O Vitória não apresentou um grande futebol. O Santos sim, jogou como sempre joga, mas nós ficamos aquém", reconheceu Silva. "Não é fácil jogar contra o Santos. As coisas não deram certo para nós. Nem nossa bola parada, que é uma das armas do time, funcionou", completou o veterano meia Ramón.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.