Plano do São Paulo é marcar primeiro

Depois da goleada por 4 a 0 sobre o Tigres no primeiro jogo, passar às semifinais da Copa Libertadores parece um mero detalhe para o São Paulo. Mas o técnico Paulo Autuori exige seriedade e inteligência de seu time para administrar bem a larga vantagem obtida no Morumbi e sair do Estádio Universitário, em Monterrey, no México, classificado para a próxima fase da competição. O duelo desta quarta-feira começa às 22 horas (de Brasília), com transmissão da SporTV."O jogo não está terminado", avisou o treinador do São Paulo. "Não podemos perder a iniciativa e a vontade de atacar." Para decidir de vez o confronto, o São Paulo busca um gol no início do jogo. "Se fizermos o primeiro, fica quase impossível do Tigres reverter", disse o atacante Luizão.Se os mexicanos atuarem como o São Paulo espera, a estratégia pode dar certo. "Eles jogarão abertos, virão para cima, precisam fazer o resultado", afirmou o meia Danilo. "Precisamos ter personalidade e não deixá-los crescer em campo." Mas, para não expor a equipe, Paulo Autuori volta a utilizar três zagueiros - ao contrário dos últimos jogos, nos quais adotou a formação com apenas dois -, além de reforçar a marcação no meio-campo, com a entrada do volante Renan - substitui Souza. Assim, Danilo jogará mais adiantado e Roger sai do time. Na defesa, Fabão volta após cumprir suspensão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.