Platini aponta o Brasil como um dos favoritos ao título da Copa

O presidente da Uefa, o francês Michel Platini, acha que a seleção do Brasil é uma das favoritas ao título da Copa do Mundo de 2010, que vai ser disputada na África do Sul entre 11 de junho e 11 de julho. Em entrevista publicada neste sábado pelo jornal italiano "La Repubblica", Platini se arrisca a fazer previsões sobre quem poderia faturar o Mundial deste ano.

EFE

09 de janeiro de 2010 | 11h01

"Três são minhas favoritas: Brasil, Espanha e também a Inglaterra", comentou o ex-jogador francês. A Itália "pode fazer bonito, como a Holanda, a França ou a Costa do Marfim, mas minhas favoritas são três", disse.

Na entrevista, Platini também fala dos planos da Uefa de, a partir de 2012, associar os gastos com contratações às receitas dos clubes. Segundo o dirigente , a ideia, conhecida como "fair play financeiro", foi sugerida pelos proprietários do Milan, Silvio Berlusconi, e da Inter, Massimo Moratti, entre outros.

O presidente da Uefa também quer punições mais severas para episódios de violência e racismo como os vividos recentemente na Itália, onde, na quarta-feira passada, o jogador da Inter Mario Balotelli, de ascendência ganesa, teve que ouvir insultos racistas durante uma partida.

"São necessárias medidas radicais contra os racistas, e o futebol tem que dar exemplo. É preciso fechar os estádios ou suspender os jogos. Não há outra solução", disse Platini.

"É verdade que este é um fenômeno mais social que do futebol. É verdade que estas pessoas são racistas a vida toda. Mas não podemos continuar contemplando este desastre. Já fizemos nossa escolha e estamos dispostos a ir até o fim. Agora é com as federações", acrescentou.

O presidente da Uefa acha que a Itália vive um momento de muita "agressividade", e não só no mundo do futebol. "O primeiro-ministro de vocês também foi agredido, não?", perguntou ao repórter do "La Repubblica".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.