Plein não é mais o técnico do Grêmio

O técnico José Luiz Plein pediu demissão do Grêmio logo após a derrota para o Botafogo, por 2 a 1, nesta quinta-feira, em Caio Martins, Niterói. Ainda no vestiário, Plein disse aos jogadores e aos dirigentes que se sentia incapaz de reanimar o time, que não vence há oito jogos. Depois anunciou à imprensa que estava colocando o cargo à disposição do clube. Os mais cotados para substituir Plein são os técnicos Cuca e Valdir Espinoza. O próximo jogo do Grêmio é contra o Paysandu, domingo, no Olímpico.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.