Daniel Batista/ O Estado de S. Paulo
Daniel Batista/ O Estado de S. Paulo

PM fecha ruas no entorno do estádio do Palmeiras e revolta torcida

Justificativa seria para prevenir comércio ilegal antes de jogo contra o Sport

Daniel Batista e Gustavo Zucchi, O Estado de S. Paulo

23 Outubro 2016 | 16h25

Apesar da expectativa de estádio cheio para o confronto contra o Sport Recife, o Allianz Parque tem um estranho clima de tranquilidade em seu entorno neste domingo. O motivo é que as ruas que circundam a arena palmeirense, onde a torcida costuma esperar o início do jogo com muita festa estão todas interditadas pela polícia. Apenas quem tem ingresso pode se aproximar da casa Alviverde. O consumo de bebidas alcoolicas também está proibido.

Ao todo, as interdições atingem as ruas Palestra Itália (antiga Turiassu), Caraíbas e Padre Antônio Tomás. Segundo a polícia, o objetivo é controlar o fluxo de ambulantes irregulares e cambistas, que costumam trafegar na região em dias de jogos, mas também a possibilidade de controlar a quantidade de torcedores entrando no estádio não é descartado.

A decisão da polícia acabou gerando uma revolta nas redes sociais. Muitos torcedores aproveitam para reclamar das ruas fechadas, chamando a proibição de absurdo. As tradicionais barracas de lanches, os vendedores de pizzas e bebidas não puderam se aproximar do estádio. Os bares que ficam na Rua Palestra Itália, entretanto, estão funcionando normalmente. Os ingressos para Palmeiras x Sport estão esgotados.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.