PM não recomenda o Palestra

O major Walter Mota, do 2.º Batalhão de Choque da Polícia Militar, contra-indicou, nesta sexta-feira, o uso do Palestra Itália como sede de Palmeiras x São Paulo, jogo de ida das oitavas-de-final da Libertadores, quarta-feira. ?A Polícia Militar não pode impedir que um clube faça sua escolha. Mas contra-indicaremos o Parque Antártica, por sua baixa capacidade de segurança, caso a Confederação Sul-Americana (Conmebol) aceite a decisão palmeirense?, ponderou o responsável pela segurança dos jogos na capital.Para a PM, seria difícil isolar as torcidas rivais durante seu deslocamento e chegada ao Palestra, já que o estádio conta com poucos portões e é acessado principalmente pela estação Barra Funda do metrô (chega-se ao Pacaembu pelas estações Clínicas e Marechal Deodoro, por exemplo), O major afirmou que, se a escolha for mantida, apenas 20 mil ingressos serão liberados (2 mil para são-paulinos). ?Vamos restringir ao máximo a venda de ingressos e deixar aquelas arquibancadas praticamente vazias na quarta-feira?, afirmou o major.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.