PM reforça segurança para Palmeiras x São Paulo

Cerca de 500 policiais militares farão a segurança do jogo Palmeiras x São Paulo no Estádio Eduardo José Farah, o Prudentão, em Presidente Prudente, no interior do Estado. Com 50 homens a mais, a Polícia Militar reforçou o esquema de segurança em comparação com o clássico Santos x Palmeiras, quando 450 PMs garantiram a ordem.

SANDRO VILLAR, Agência Estado

24 de fevereiro de 2012 | 15h03

No domingo, a tropa, que terá a ajuda da cavalaria e do helicóptero Águia, fará a escolta dos times e dos torcedores que vêm de São Paulo e de outras cidades. Além disso, atuará dentro e fora do estádio.

Para evitar brigas na entrada e saída do Prudentão, a PM, como fez no último clássico, vai usar tapumes para separar palmeirenses e são-paulinos. Por conta do forte calor, a Polícia Militar vai permitir a entrada de toalhas na hora do jogo.

Como mandante do jogo, o Palmeiras ficará com a maior parte dos 45.176 ingressos colocados à venda em 28 pontos da cidade. É quase a capacidade total do estádio, que tem 46 mil lugares. Os bilhetes começaram a ser vendidos na quarta-feira e, até agora, não há um balanço parcial da venda.

Há dois preços para lugares nas arquibancadas: R$ 30,00 e R$ 40,00. Já quem quiser assistir ao jogo em uma cadeira VIP vai desembolsar R$ 80,00. O bilhete da cadeira cativa custa R$ 160,00, sendo que a meia entrada vale R$ 80,00.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.