PM vai escoltar torcida até Ribeirão

A madrugada de domingo promete ser agitada com a saída da caravana corintiana de São Paulo, rumo à Ribeirão Preto, para o primeiro jogo da decisão do Campeonato Paulista. E para não transformar a festa em confusão, a Polícia Militar realizará um grande operação de escolta, acompanhando os torcedores até a entrada da cidade do interior. A Rocam (Ronda Ostensiva de Apoio de Motocicletas), da Polícia Militar, conduzirá os aproximadamente 70 ônibus até o início das rodovias Anhangüera e Bandeirantes, onde assume o comando a Polícia Rodoviária do Estado, dirigida pelo coronel Gerson Rezende.Todos os 48 mil ingressos para a partida foram vendidos com antecedência. Os poucos bilhetes que restam encontram-se nas mãos dos cambistas, mas a polícia está agindo com rigor para neutralizar este comércio ilegal.O diretor da Gaviões da Fiel, Sandro Silva Pinto, o Bart, informou que sairão em torno de 50 ônibus da sede da torcida, por volta das 0h30. "Conduziremos em torno de 2 mil sócios para Ribeirão, todos com ingressos, além das outras torcidas que, somadas, devem levar outras 2 mil. Já avisamos a polícia." E jurou alegrar a cidade. "Somos a única torcida com direito a levar faixas. Faremos muita festa no estádio, com bandeiras e bexigas," afirmou, prometendo também uma surpresa para o jogo. A Camisa 12, segunda maior torcida do clube, vai levar 9 ônibus, com saída prevista também para às 0h30.Apesar do clima festivo, os fanáticos torcedores terão todos os movimentos observados. "Será uma operação complicada, por isso mobilizei todo meu efetivo. Contarei ainda com várias viaturas das regiões próximas. Todas virão para a estrada", disse o coronel Rezende. "Temos preocupação com os pedágios e postos de gasolina. Eles (torcedores) podem querer tumultuar. Estaremos preparados para conter possíveis atos de vandalismo", completou.O coronel não quis adiantar o número do efetivo policial, mas garantiu: "Será o necessário para proporcionar segurança durante todo o trajeto." A Autoban, empresa responsável pela administração das duas rodovias, também auxiliará no trabalho da PM, assessorando com câmeras de vídeo distribuídas ao longo das estradas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.