Divulgação
Divulgação

'Podemos vencer', diz Pato sobre decisão contra San Lorenzo

São-paulino será titular na partida da Libertadores nesta quarta-feira

Gonçalo Junior, O Estado de S.Paulo

31 Março 2015 | 16h52

O atacante Alexandre Pato, do São Paulo, está bastante otimista quando ao confronto desta quarta-feira contra o San Lorenzo pela Copa Libertadores. A partida é praticamente uma decisão pela segunda vaga do grupo 2 - o Corinthians é o líder. Com seis pontos e na segunda colocação, o São Paulo enfrenta o terceiro do grupo, que tem três pontos. Uma vitória praticamente elimina o rival argentino. Por outro lado, uma derrota deixaria os dois times empatados.

"É um jogo muito difícil. Todos sabem da importância dessa partida, mas vamos com tudo. Queremos a vitória e podemos vencer, como foi em casa. Acho que temos de impor o nosso futebol para sair com o resultado", afirmou o atacante no embarque da equipe para a Argentina na manhã desta terça-feira. No jogo de ida entre as duas equipes, o São Paulo venceu por 1 a 0, com gol de Michel Bastos aos 44 minutos do segundo tempo. 

Alexandre Pato também aproveitou para desmentir as declarações que ele próprio havia dado ao canal Sky Sport na qual teria revelado o desejo de voltar à Europa. "Vou explicar: não falei nada sobre querer voltar, ou abrir a possibilidade para ninguém. A matéria que saiu aqui acho que foi cortada pela metade. Tenho saudade, sim, de Milão, porque morei lá sete anos e nunca fecho a porta para nenhum clube. Assim como abri (as portas) para o São Paulo e eles para mim. Estou feliz e quero continuar, mas meu contrato acaba no fim de dezembro". 


Ex-jogador do Milan, Pato foi contratado pelo Corinthians em janeiro de 2013 e tem seus direitos econômicos vinculados ao time alvinegro. Após o empréstimo, o São Paulo pode manifestar o desejo de compra, mas isso ainda não ocorreu segundo o jogador.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.