Martin Meissner/AP
Martin Meissner/AP

Pogba fica fora de convocação da França para jogo com o Brasil

Jogador francês sentiu dores musculares na partida da Juventus

Estadão Conteúdo

19 Março 2015 | 11h36

Depois de deixar o jogo da Juventus contra o Borussia Dortmund, na última quarta-feira, na Alemanha, pela Liga dos Campeões, já aos 27 minutos do primeiro tempo por causa de dores musculares, o meio-campista Paul Pogba ficou fora nesta quinta da lista de convocados que o técnico Didier Deschamps escolheu para os amistosos que a seleção francesa fará contra Brasil, no próximo dia 26, e Dinamarca, no dia 29.

Um dos principais destaques do ime italiano e vivendo grande fase de sua carreira, Pogba agora passará por exames para saber a gravidade da lesão e o seu tempo de afastamento dos gramados. E, sem poder contar com o atleta, Deschamps trouxe como principal novidade desta convocação a presença do jovem atacante Nabil Fekir, de 21 anos de idade, hoje sensação do Lyon, atual líder do Campeonato Francês.

Fekir é filho de pai argelino e nasceu na Argélia, mas tem nacionalidade francesa e escolheu defender a tradicional seleção campeã do mundo em 1998. Ele anunciou apenas nesta semana a sua opção de atuar pela França, apesar do desejo de seu pai de vê-lo com a camisa da seleção argelina.

"A escolha de Fekir é firme e definitiva. Ele deixou claro isso", ressaltou Deschamps, nesta quinta, ao falar com empolgação sobre o jogador que já marcou 11 gols neste Campeonato Francês. "Ele tem um grande potencial, ele é versátil e ele pode nos trazer algo diferente. Seu jogo é variado, assim como a forma como ele controla a bola e acelera", completou o comandante.

O defensor Kurt Zouma, de apenas 20 anos e jogador do Chelsea, foi outra novidade na lista de 23 convocados anunciados por Deschamps. A França irá encarar o Brasil no Stade de France, em Paris, e em seguida voltará a atuar em casa contra os dinamarqueses, em Saint-Étienne.

Confira os convocados da França:

Goleiros: Hugo Lloris (Tottenham), Steve Mandanda (Olympique de Marselha) e Stéphane Ruffier (Saint-Etienne).

Defensores: Patrice Evra (Juventus), Christophe Jallet (Lyon), Laurent Koscielny (Arsenal), Bacary Sagna (Manchester City), Mamadou Sakho (Liverpool), Benoît Trémoulinas (Sevilla), Raphael Varane (Real Madrid) e Kurt Zouma (Chelsea).

Meio-campistas: Maxime Gonalons (Lyon), Geoffrey Kondogbia (Monaco), Blaise Matuidi (PSG), Dimitri Payet (Olympique de Marselha), Morgan Schneiderlin (Southampton) e Moussa Sissoko (Newcastle).

Atacantes: Karim Benzema (Real Madrid), Nabil Fekir (Lyon), Olivier Giroud (Arsenal), Antoine Griezmann (Atlético de Madrid), Alexandre Lacazette (Lyon) e Mathieu Valbuena (Dínamo Moscou).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.