Polêmica deixa Ricardinho irritado

A polêmica sobre uma possível transferência para o São Paulo está deixando o meia Ricardinho irritado. O jogador, considerado uma das maiores estrelas do atual elenco e tido como principal articulador das jogadas do time, não agüenta mais responder sobre o assunto. "É duro você estar no meio de uma comemoração de título e as pessoas ficarem especulando sobre uma notícia que não tem fundamento", bronqueou. "Eu lá sei de São Paulo?" Para variar, a notícia também deixou o vice-presidente de Futebol do Corinthians, Antonio Roque Citadini, contrariado. "Desconheço a notícia, mas imagina, liberar o Ricardinho. Ele é jogador do Corinthians e continuará no clube", adiantou. "Tenho bom relacionamento com todos os dirigentes de clubes, inclusive os do São Paulo, mas sobre este assunto, uma possível reunião seria apenas para tomar cafezinho," ironizou o dirigente que era considerada persona non grata pela ex-diretoria do clube do Morumbi. Citadini aproveitou para adiantar que fará uma homenagem ao meia Ricardinho, que na quarta-feira conquistou seu sétimo título pelo clube, no período de quatro anos - dois Paulistas, dois Brasileiros, um Mundial, um Rio-São Paulo e uma Copa do Brasil -, e chegou a marca de 251 jogos com a camisa do Corinthians. Deivid, por ter alcançado a artilharia da competição, com 13 gols, também será premiado. Ricardinho, que atuou nos jogos diante do Brasiliense com inflamação nas amídalas, chorou emocionado nos vestiários, pois estava com a derrota da Copa do Brasil diante do Grêmio, em 2001, entalada na garganta. A perda do título desencadeou uma crise no Corinthians que culminou na briga com Marcelinho. Hoje, não se conteve e abriu a carreata com Rogério, outro vice em 2001. Eufórico, agradeceu a torcida e fez menção aos familiares de todos os companheiros. No clube, recebeu o carinho da mulher Juliana e do filho Bruno. Se Ricardinho fica, Anderson pode sair. O zagueiro vem sendo observado por dirigentes de um clube alemão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.