Daniel Teixeira/Estadão
Daniel Teixeira/Estadão

Polêmica sobre arbitragem causa divisão no Corinthians

'Todos já foram beneficiados e prejudicados', diz Andrés Sanchez

Estadão Conteúdo

04 de setembro de 2015 | 07h58

As insinuações de que o Corinthians está sendo favorecido pelas arbitragens no Campeonato Brasileiro causou opiniões divergentes no clube paulista. Há quem não dê importância e há quem demonstre irritação. O superintendente Andrés Sanchez, por exemplo, não está preocupado até não por acreditar que o Corinthians acabe sendo prejudicado por causa da polêmica. "É sempre esse chororô", disse. "Mas não atrapalha em nada, só enfraquece o futebol como um todo. Todos já foram beneficiados e prejudicados. Sempre haverá erros".

O goleiro Cássio não é tão complacente. "O torcedor comentar, é uma coisa. Mas um presidente, um dirigente, tem que provar. Isso é falta de respeito porque nos dedicamos, trabalhamos. Não queremos que os árbitros errem, nem contra, nem a favor, mas acontece, são humanos", disse o jogador, em entrevista à ESPN Brasil.

Ele enfatiza que o Corinthians não está na liderança por causa das arbitragens, mas revelou temer problemas nesta reta final de campeonato. "Pode haver uma pressão para cima do árbitro. O árbitro já pode entrar pressionado por isso. E quando entra pressionado, pode cometer erros. E não queremos que tenham erros a nosso favor nem contra. Pode ser que prejudique o jogo".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.