Polícia alemã prende torcedores que saudaram Adolf Hitler

A polícia de Munique disse nesta quarta-feira que quatro torcedores bêbados foram presos, incluindo um grego, por comemorar a vitória de 3 a 0 da Alemanha sobre o Equador, na terça, com saudações ao ex-ditador alemão Adolf Hitler. As prisões ocorreram graças a denúncias de outros fãs. Os detidos têm entre 20 e 28 anos e começaram a usar a saudação "Sieg Heil" em um bar, logo após o jogo.Os quatro já foram liberados, mas agora serão processados por apoiar em público uma organização proibida. As leis alemãs proíbem a exibição de suásticas ou o uso de saudações nazistas.Outros distúrbiosEm outra ação, a polícia de Colônia deteve 45 hooligans na madrugada desta quarta. As prisões aconteceram devido a brigas que estavam sendo provocadas pelos torcedores ingleses após o empate de 2 a 2 de sua seleção contra a Suécia. Algumas pessoas ficaram feridas levemente durante os distúrbios. Cerca de 200 mil pessoas saíram às ruas de Colônia na noite de terça, afirmou a polícia.O resultado colocou a Inglaterra no primeiro lugar do grupo B - o que evitou um confronto contra a Alemanha nas oitavas-de-final - e enfrentará o Equador, no domingo, em Stuttgart. A Suécia também se classificou e jogará contra os anfitriões no sábado, em Munique.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.