Juan Karita/AP
Juan Karita/AP

Polícia divulga nomes dos corintianos detidos na Bolívia por morte de garoto

12 corintianos foram presos após morte de um torcedor do San José, em Oruro

O Estado de S.Paulo

21 de fevereiro de 2013 | 10h31

ORURO - Enquanto a Conmebol se cala e não faz nenhum pronunciamento sobre a morte do garoto durante do jogo entre Corinthians e San Jose, na noite de quarta-feira, em Oruro, a polícia boliviana continua investigando o caso. Na manhã desta quinta-feira, a delegada Abigail Saba divulgou os nomes dos 12 torcedores detidos e avisou que eles estão sendo bem tratados.

Os corintianos foram presos após o incidente no estádio Jesus Bermudez, em que Kevin Douglas Beltrán Espada, de 14 anos, torcedor do San José, morreu após ser atingido por um sinalizador. De acordo com o inquérito policial, o "projétil" saiu do "setor onde estava localizada a equipe visitante".

Os 12 corintianos detidos vão prestar depoimento ao longo desta quinta-feira, mas eles ainda não sabem quando serão liberados.

OS DETIDOS

Leandro Silva de Oliveira - 21 anos

Tadeu Macedo Andrade - 30 anos

Reinaldo Coelho - 35 anos

José Carlos da Silva Junior - 20 anos

Marco Aurélio Nefeire - 31 anos

Daniel Silva de Oliveira - 27 anos

Hugo Nonato - 27 anos

Clever Souza Clous - 21 anos

Cleuter Barreto Barros - 24 anos

Fábio Neves Domingos - 32 anos

Rafael Machado Castilho Araújo - 18 anos

Tiago Aurélio dos Santos Ferreira - 27 anos

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCorinthians, Copa Libertadores

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.