Polícia identifica outro torcedor do Palmeiras que participou de briga

Polícia identifica outro torcedor do Palmeiras que participou de briga

Jorge Luiz do Carmo, que exibe ferimentos no rosto e na perna esquerda, é liberado após prestar depoimento em São Bernardo

O Estado de S. Paulo

21 de outubro de 2014 | 15h51

As investigações sobre a briga entre palmeirenses e santistas no último domingo continuam a encontrar novas peças. Nesta terça-feira, Jorge Luiz do Carmo, de 27 anos, se apresentou ao 2º DP de São Bernardo do Campo, para contar sua versão dos fatos. De acordo com o site UOL, o torcedor, filiado à Mancha Alviverde, foi encontrado por policiais, que estão fazendo vasculha por diversos hospitais na região metropolitana de São Paulo, na unidade clínica de Heliópolis.

Mesmo sem a ajuda de muletas, o torcedor, que foi atropelado na confusão ocorrida na Rodovia Anchieta, domingo, se apresentou ao distrito com a perna esquerda enfaixada, além de ferimentos no nariz e no olho esquerdo. O palmeirense, no entanto, acabou liberado por não ter sido autuado em flagrante.

Até o momento, cinco torcedores do Palmeiras, que armaram emboscada para os santistas antes do clássico válido pelo Campeonato Brasileiro, foram encaminhados para o Centro de Detenção Provisória, em São Bernardo do Campo, onde estão detidos. Além deles, outros dois encontram-se internados em hospitais, com prisão decretada.

O caso mais grave entre os feridos é de Eli Simão da Silva, que sofreu traumas no crânio e no abdômen, além de fraturas na face e nos membros inferior e superior esquerdos. Ele está internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital das Clínicas. Marcio Ramon de Souza, de 34 anos, permanece hospitalizado no Hospital Mário Covas, em Santo André, com politraumatismo. 

Autor do atropelamento que atingiu os torcedores e matou Leonardo da Mata Santos, de 21 anos, que foi enterrado nesta terça-feira, André Maceno Apocalipse ainda é aguardado no 2º DP de São Bernardo para se entregar à Polícia e prestar depoimento.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.