Polícia identificou invasor de vestiário da Inglaterra

A polícia sul-africana identificou e recolheu um depoimento do torcedor que invadiu o vestiário e confrontou os jogadores ingleses após o decepcionante empate por 0 a 0 com a Argélia, na sexta-feira, que deixou a equipe correndo riscos de ser eliminada precocemente da Copa do Mundo da África do Sul.

AE-AP, Agência Estado

20 de junho de 2010 | 07h22

Rich Mkhondo, porta-voz do comitê organizador, disse neste domingo que a polícia arguiu o torcedor na área de segurança do Estádio Green Point, na Cidade do Cabo. O dirigente não confirmou se o torcedor era o mesmo que foi identificado por um jornal britânico neste domingo.

O Sunday Mirror publicou um entrevista com Pavlos Joseph que disse ter tido ao vestiário depois de perguntar a um segurança onde poderia encontrar um banheiro. Ele disse que andou pelo vestiário e logo se encontrou com David Beckham. "Eu pensei ''caramba, estou no vestiário da Inglaterra. Por que não digo alguma coisa a eles?''", afirmou.

"Eu olhei diretamente nos olhos de David e disse: ''David, nós gastamos muito dinheiro para chegar aqui. Isto é uma vergonha. O que você vai fazer sobre isso?''", disse. Pavlos afirmou que nem Beckham, que está lesionado e está com o elenco como um embaixador da equipe, nem nenhum dos jogadores o respondeu.

O Sunday Mirror informou que Pavlos tem um ingresso para o próximo jogo da Inglaterra contra a Eslovênia na quarta-feira, pelo Grupo C. O porta-voz da Fifa, Nicolas Maingot, não quis dizer se será negada a entrada.

Tudo o que sabemos sobre:
Copa 2010futebolInglaterrainvasor

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.