AP
AP

Polícia indiana prende homem que roubou relógio de Maradona

Objeto da coleção do craque argentino foi subtraído em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos

AFP, O Estado de S.Paulo

11 de dezembro de 2021 | 19h58

A polícia indiana informou neste sábado que recuperou um relógio roubado, personalizado para Diego Maradona, e prendeu um suspeito pelo suposto roubo do objeto em Dubai.

A polícia acrescentou que deteve Wazid Hussain no estado de Assam e recuperou o relógio da marca suíça Hublot depois que o homem fugiu para a Índia após o suposto roubo na cidade emiradense.

O homem de 37 anos trabalhava como guarda de segurança desde 2016 em uma empresa de Dubai que guardava objetos relacionados à estrela argentina, explicou a polícia.

O organismo acrescentou que nessa peça de edição limitada a uma unidade, que custava cerca de 26.500 dólares e tinha uma foto do argentino gravada na parte de baixo do relógio, aparecia sua assinatura e sua camisa número dez.

Maradona, um dos melhores jogadores de futebol da história, morreu em novembro de 2020 aos 60 anos de idade.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.