Polícia indicia suspeito de atacar jogador do West Ham

Um homem de 25 anos foi indiciado nesta segunda-feira sob a acusação de ter atacado Calum Davenport, jogador do West Ham, que segue hospitalizado em estado grave, porém estável. O jogador e sua mãe foram atacados na noite de sexta-feira, na residência em Bedford, que fica 92 quilômetros ao norte de Londres.

AE-AP, Agencia Estado

24 de agosto de 2009 | 11h59

De acordo com a polícia de Bedford, Worrell Whitehurst, de 25 anos, foi indiciado pela grave agressão ao jogador. O motivo do ataque não foi revelado pelos policiais, que liberaram no domingo um suspeito de 19 anos.

"Nós estamos muito tristes com o que aconteceu. É uma história terrível", disse Gianfranco Zola, técnico do West Ham. "Nós não podemos imaginar o que passou. O médico me disse que a situação é estável, ele está OK. A situação será esclarecida nos próximos dias. Agora, o importante é que está tudo bem".

Tudo o que sabemos sobre:
futebolWest HamCalum Davenportataque

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.