Alex Silva|Estadão
Alex Silva|Estadão

São Paulo tem parte das cadeiras do Morumbi interditadas

Tricolor consegue liberação do estádio para encarar o Internacional

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

17 de maio de 2016 | 16h10

O Segundo Batalhão de Choque da Polícia Militar realizou nesta terça-feira uma vistoria no estádio do Morumbi e decidiu interditar uma pequena parte do estádio, liberando-o para a partida contra o Internacional, domingo, às 16h, pelo Campeonato Brasileiro.

No pavimento térreo, as cadeiras dos camarotes estarão interditados até que sejam completados os procedimentos de vistoria e análise técnica dos guarda-corpos. “As cadeiras do setor térreo, onde aconteceu o problema, estão interditados. Só o camarote poderá ser usado até que o São Paulo envie um novo laudo e façamos uma nova vistoria”, disse o Coronel da PM Luiz Gonzaga.

"Acreditamos que trata-se de uma solução que satisfaz a todos. O São Paulo terá a força do seu estádio para um compromisso difícil, o torcedor terá a possibilidade de empurrar o time na nossa casa e todos terão as condições de segurança adequadas para acompanhar o jogo. Agora é prosseguir o trabalho de verificação técnica e tomar todas as providências que os técnicos nos solicitarem", afirmou o diretor de estádio, Rafael Palma.

Durante a partida contra o Atlético-MG, quarta-feira passada, pela Copa Libertadores, a grade cedeu na hora da comemoração do gol marcado por Michel Bastos. O ambulatório do Morumbi recebeu 16 feridos, que caíram de uma altura de cerca de 2,5 metros até o fosso do estádio. Sete deles foram removidos para hospitais e destes, três tiveram fraturas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.