Carl Recine / Reuters
Carl Recine / Reuters

Polícia investiga agressão em casa noturna a inglês do Everton que foi à Copa

Ross Barkley foi atacado por um estranho após a vitória do time de Liverpool sobre o Leicester

Estadao Conteudo

10 de abril de 2017 | 12h42

Os advogados do meia Ross Barkley confirmaram nesta segunda-feira que o jogador do Everton foi atacado por um estranho em uma casa noturna no último domingo, horas depois de participar da vitória do time de Liverpool por 4 a 2 sobre o Leicester pelo Campeonato Inglês, em partida disputada no Goodison Park.

A polícia de Liverpool também confirmou que abriu uma investigação sobre o incidente. O órgão explicou que não recebeu uma denúncia oficial do incidente, mas que mesmo assim já iniciou a apuração do caso.

Representando Barkley no incidente, a empresa de advocacia Himsworths Legal afirmou em um comunicado oficial que "Ross foi vítima de um ataque não provocado por um estranho que se aproximou dele na noite de domingo".

Nos vídeos divulgados em redes sociais, é possível ver Barkley recebendo socos no rosto, sem uma motivação aparente. O jogador está no Everton desde 2015, sendo um dos titulares da equipe. Ele também foi convocado para defender a seleção da Inglaterra na Copa do Mundo de 2014 e na Eurocopa de 2016.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.