Amanda Perobelli/Estadão
Amanda Perobelli/Estadão

Com fase vermelha em SP, PM vai fechar as ruas ao redor do Allianz Parque no domingo

Esquema especial só vai permitir o acesso à região para moradores e a quem vai trabalhar na final entre Palmeiras e Grêmio

Ciro Campos, O Estado de S.Paulo

05 de março de 2021 | 15h00

A Polícia Militar (PM) confirmou nesta sexta-feira que vai fechar as ruas ao redor do Allianz Parque no domingo para evitar a aglomeração de pessoas durante a final da Copa do Brasil, entre Palmeiras e Grêmio. O jogo terá início somente às 18h, mas entre 14h e 23h todo o entorno do estádio ficará cercado com grades e controle de acesso para garantir o distanciamento social.

Uma reunião nesta sexta-feira entre PM, Palmeiras e gestores do Allianz Parque determinou que vai funcionar para um jogo sem torcida o mesmo esquema utilizado em ocasiões normais. O perímetro do estádio só poderá ser acessado por moradores, trabalhadores que atuam na região e pessoas envolvidas na organização da final. Haverá pontos de triagem nas ruas Palestra Itália, Cayowaá, Diana, Caraíbas e Padre Antônio Tomás.

A PM garantiu que vai reforçar a segurança para ajudar a Prefeitura Regional da Lapa na fiscalização do comércio ambulante irregular e também auxiliar as equipes de fiscalização da Vigilância Sanitária para o cumprimento de medidas de distanciamento social. O foco será em nao permitir possíveis atrativos de aglomeração, como bares abertos e pontos de venda de bebidas.

O local é também um ponto tradicional de comemoração dos palmeirenses. Após o título do time na Copa Libertadores, em 30 de janeiro, as ruas ficaram cheias de torcedores. Por isso, o objetivo agora é evitar aglomerações e dispersar possíveis encontros de pessoas no Allianz Parque. A partida de domingo será disputada com os portões fechados.

Por decisão do governador de São Paulo, João Doria, a partir de sábado todo o Estado entrará para a fase mais rigorosa de combate à pandemia. Por isso, só podem funcionar estabelecimentos considerados essenciais, como mercados, farmácias e restaurantes. O foco de preocupação na região do estádio é a existência de bares que costumam exibir pela televisão as partidas. Para monitorar o trânsito na região, a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) também vai fazer uma operação especial das 16h às 21h no perímetro do Allianz Parque. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.