Polícia prende 22 torcedores nos arredores do Estádio da Luz

Detidos são presos por posse de armas brancas ou de artefatos explosivos

EFE

24 de maio de 2014 | 21h23

LISBOA - A Polícia de Segurança Pública (PSP) de Lisboa deteve 22 torcedores neste sábado nas imediações do Estádio da Luz, palco da final da Liga dos Campeões entre Real Madrid e Atlético de Madrid.

Os detidos foram presos por posse de armas brancas ou de artefatos explosivos, segundo declarou a vários meios de comunicação um porta-voz da PSP, que acrescentou que se trata de um balanço ainda provisório.

O mesmo porta-voz disse que, antes do início da partida, o acesso ao estádio foi impedido a vários torcedores que compraram ingressos falsos.

Também antes do jogo, a PSP tinha informado a detenção de três torcedores espanhóis, um por posse de artefatos pirotécnicos e outros dois por agressões à autoridade que, após interrogatório, foram postos em liberdade.

Tudo o que sabemos sobre:
Liga dos Campeões

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.