Polícia prende 659 torcedores brigões em jogo na Rússia

Pelo menos 659 torcedores foram detidos, neste domingo, pela polícia de Moscou por promoverem desordens e brigas durante e depois do empate por 1 a 1 entre Spartak Moscou e Zenit St.Petersburg, pela primeira rodada do Campeonato Russo.

AE, Agencia Estado

15 de março de 2009 | 17h31

Cerca de 513 dos torcedores presos eram do Zenit, que se mostraram bem mais agressivos e, durante o jogo, tentaram várias vezes provocar choques com a torcida adversária, lançando seus assentos ao setor destinado aos fãs do Spartak. A partida, disputada no Estádio Luzhniki, em Moscou, foi vista por 52 mil espectadores.

Mais conteúdo sobre:
futebolRússiabriga

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.