Polícia prende 70 no Chile após vitória na Copa

Policiais usaram canhão de água para dispersar uma multidão de torcedores que lançava garrafas nas ruas e afirmam ter prendido cerca de 70 pessoas na capital chilena nesta segunda-feira, após a vitória de 1 x 0 da seleção sobre a Suíça.

REUTERS

21 de junho de 2010 | 20h26

Milhares de fãs agitavam bandeiras chilenas, tocavam cornetas e cantavam "Viva Chile!" em Santiago para acompanhar o segundo jogo da seleção em telões gigantes do lado de fora do palácio presidencial e em ruas do centro.

"Até agora, há 70 detenções, a maior parte por desordem", disse um porta-voz da polícia.

O futebol é o esporte mais popular do Chile e brigas geralmente ocorrem após disputas importantes.

Na semana passada, a polícia prendeu mais de 80 pessoas após a vitória do Chile sobre Honduras.

A vitória desta segunda-feira colocou o Chile na liderança do Grupo H, com seis pontos.

(Reportagem de Molly Rosbach)

Tudo o que sabemos sobre:
COPASANTIAGOPRISOES*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.