Polícia prende suspeito de sequestrar Valdivia, do Palmeiras

O meia havia reconhecido um homem que participou do crime por meio de imagens de câmeras de segurança

Solange Spigliatti, estadão.com.br

13 de junho de 2012 | 11h54

SÃO PAULO - A Polícia prendeu na madrugada desta quarta-feira, um homem suspeito de ter sequestrado o jogador do Palmeiras Jorge Valdivia e sua esposa, Daniela Aránguiz, na Avenida Sumaré, zona oeste de São Paulo, na última quinta-feira, de acordo com informações da 23ºDP. O meio-campista chileno havia reconhecido o suspeito do sequestro relâmpago por meio de imagens de câmera da segurança de uma loja de autopeças, durante depoimento ao delegado titular da 23º DP, Marco Aurélio Batista, na segunda-feira.

Valdivia e a esposa foram abordados por um homem quando estavam na Avenida Sumaré, por volta das 21 horas da última quinta-feira. O bandido ficou com o casal por cerca de 3 horas. Depois, Valdivia e sua mulher foram deixados na Avenida Marques de São Vicente, perto do centro de treinamento do Palmeiras.

Tudo o que sabemos sobre:
PalmeirasCopa do Brasil

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.