Polônia barra goleiro após falha contra Irlanda do Norte

O goleiro Artur Boruc foi cortado da seleção polonesa e não participará do jogo contra San Marino, nesta quarta-feira, em Kielce, pelo Grupo 3 das Eliminatórias Europeias da Copa do Mundo de 2010, depois de cometer uma falha bisonha na derrota por 3 a 2 para a Irlanda do Norte, no sábado, em Belfast.

AE-AP, Agencia Estado

30 de março de 2009 | 09h25

A seleção da casa vencia por 2 a 1 quando, após uma disputa de bola na intermediária, o lateral Michal Zewlakow deu um recuo na direção de Boruc. A bola, no entanto, ganhou força e quicou ao bater num morrinho, e Boruc acabou furando, permitindo o terceiro gol irlandês.

"Artur ficou muito abalado pelo que aconteceu no jogo e conversei abertamente com ele dizendo que não o escalaria nesta partida", explicou o técnico Leo Beenhakker. Boruc, que joga no Celtic, da Escócia, foi liberado para retornar a Glasgow. O gol acabou sendo creditado a Zewlakow, contra, já que o goleiro nem chegou a tocar na bola.

A Polônia está em quinto lugar no Grupo 3, com 7 pontos, contra 10 da Irlanda do Norte, que assumiu a liderança após a vitória de sábado. O embolado grupo tem ainda Eslováquia, com 9 pontos, República Checa e Eslovênia, com 8, enquanto San Marino está na lanterna, sem nenhum ponto. Na quarta, além de Polônia x San Marino, haverá mais dois jogos: Irlanda do Norte x Eslovênia, em Belfast, e República Checa x Eslováquia, em Praga.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.